Chevening Sociedade

Galeria de Arte Moderna de Glasgow

A primeira coisa que nos vem a mente quando ouvimos falar de museu, é de um lugar que conserva o passado e a história. Mas há um museu que deu-se ao luxo de se revestir de tudo menos o passado. Talvez seja por isso que a Galeria de Arte Moderna de Glasgow na Escócia é considerado um dos mais controversos do mundo. Aberto em 1996, o museu dedica-se apenas a divulgação de trabalhos de artistas em vida, mas não só.

O museu surge no contexto pós II Guerra Mundial, mas olhando para o advento da industrialização. Com a mecanização das sociedades, no sentido de que os alimentos, automóveis e filmes eram produzidos para satisfazer diferentes sabores, desejos e gostos, os escoceses viram o mesmo potencial na arte, isto é, a ideia de que as pessoas podiam fazer da arte um vinculo para produzir a metáfora das suas necessidades e desejos.

A missão deste museu é celebrar o mundo novo. Ao celebrar os valores contemporâneos através da arte é abrir um espaço de possibilidade para novos debates e questionamentos em torno de temas recentes, desde o fetichismo as novas tecnologias, as máscaras que impregnamos nosso dia-a-dia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo, e por ai em diante. As imagens que se seguem reflectem um pouco daquilo que este muse representa. 

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.