Levando as TIC’s as comunidades rurais

Em Abril de 2015 fiz a minha primeira viagem a Província de Tete, centro de Moçambique. Era o início de uma grande aventura. Tudo começou num mero acaso. O meu papel era dar assistência a minha colega de trabalho. Chegado a Tete e já envolvido com o calor abrasador que lá se fazia sentir, eu não fazia a mínima ideia de qual seria o meu papel. Três dias depois junto com colegas de Tete e da África do Sul produzimos um jornal, um programa de rádio e ajudamos as diferentes comunidades afectadas pela mineração em Tete a encontrar experiências comuns e assim melhorarem as suas estratégias de luta pelos seus direitos.

Em Novembro de 2015 introduzimos as comunidades um mapa digital, onde elas podiam a partir daí passar a documentar e partilhar as suas histórias de sofrimento com o mundo. Ensinamos-lhes como fazer uso do Whatsapp para partilhas vídeos e fotografias. Colocamos em disposição celulares com a internet e um aplicativo android para acedam as notícias que eles produzem assim como aquelas produzidas por outros. O engajamento tem sido fantástico e surpreendente. Ao partilharem as histórias eles conhecem-se uns aos outros . Mas isto não acaba aqui. É preciso que os outros venham e ajudem a dar um seguimento as preocupações levantadas pelas comunidades.

tete

Deixar um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *